Conteúdo publicado há 28 dias

PF prende quatro pessoas e resgata gato ameaçado de extinção no RJ

Quatro homens foram presos em flagrante por venderem animais silvestres ilegalmente no Rio de Janeiro.

O que aconteceu

Animais eram anunciados na internet. Segundo a Polícia Federal, o ponto de concentração do grupo criminoso era o estado de Minas Gerais, mas os bichos eram distribuídos para todo o país.

Além das prisões, apreensões de animais silvestres foram realizadas neste domingo (23). As prisões ocorreram em uma casa no bairro das Laranjeiras, na zona sul do Rio.

Entre os animais resgatados está um filhote de gato-mourisco, ameaçado de extinção. O animal também é chamado de jaguarundi ou puma yagouaroundi e pode chegar aos sete quilos quando adulto.

Apreensões. Além dos animais, uma máquina de cartão de crédito, um carro e celulares foram apreendidos.

Crimes. Presos devem responder por associação criminosa, receptação qualificada, posse ilegal de animais silvestres e maus tratos. Caso sejam condenados, eles podem ter pena aumentada por estarem em posse de um animal ameaçado de extinção.

A PF não informou para onde os animais resgatados foram levados.

Deixe seu comentário

Só para assinantes