PUBLICIDADE
Topo

Campanha é suspensa em Manaus após morte da mãe do candidato David Almeida

David Almeida, deitado no colo da mãe, Rosa. Ela foi internada por covid-19 - Arquivo Pessoal
David Almeida, deitado no colo da mãe, Rosa. Ela foi internada por covid-19 Imagem: Arquivo Pessoal

Rosiene Carvalho

Colaboração para o UOL, em Manaus

28/11/2020 20h33

As coligações dos candidatos à Prefeitura de Manaus David Almeida (Avante) e Amazonino Mendes (Podemos) suspenderam as atividades de campanha por volta de 13h da tarde de hoje, quando foi confirmada a morte da mãe de David, Rosa Almeida, 84.

Ela estava internada há cerca de duas semanas num hospital particular de Manaus, pois foi infectada pelo novo coronavírus. No início desta tarde, teve uma parada cardíaca e não resistiu.

No primeiro turno, após votar, David anunciou que passaria a tarde no hospital com a mãe. No último debate, ontem, David não compareceu e justificou que o estado de saúde da mãe hospitalizada havia agravado.

Pesquisa e campanha

De acordo com a pesquisa Ibope divulgada na sexta, os dois candidatos estão empatados tecnicamente. David aparece com 44% das intenções de voto, e Amazonino marca 40% —depois de crescer 8 pontos em relação ao último levantamento, em 21 de novembro.

Os ânimos se acirraram nos últimos dias, com troca de acusações entre os candidatos na propaganda eleitoral, em debates e também nas redes sociais.

Neste sábado, último dia de campanha, as ruas da cidade amanheceram cheias de apoiadores em sinais de trânsito e agenda externa dos dois concorrentes para atrair mais votos.

Por volta de 13h, a assessoria de David Almeida anunciou que a mãe dele havia morrido e a equipe anunciou que suspenderia todas as atividades. Em seguida, a assessoria do concorrente emitiu nota de pesar e afirmou que também deixaria os compromissos em solidariedade ao adversário e "em memória" de dona Rosa.

Mudança na campanha

David foi diagnosticado com covid-19 no dia 14 de setembro e pisou no freio bem no início da campanha.

No dia 9 de setembro, quando anunciou o seu vice, durante coletiva, chegou a minimizar a doença ao tirar a máscara para dar entrevista. "Vou tirar a máscara que estou longe de vocês e eu não pego isso não", disse. Após o teste positivo, o candidato ajustou o discurso e a conduta a respeito da doença.

A assessoria de David Almeida informou à imprensa que o velório de dona Rosa seria realizado a partir das 18h numa igreja no bairro Morro da Liberdade, em Manaus. O bairro é o local de origem de David e hoje sua base eleitoral. O enterro deve ocorrer no domingo (29).

Segundo a assessoria, a igreja com local para 600 pessoas poderá receber "visitantes" que devem passar "no máximo" 10 minutos no local. No fim da nota, a assessoria informou que dona Rosa "já estava fora do período de transmissibilidade".

Covid-19 na eleição de Manaus

Candidato a prefeitura de Manaus, Ricardo Nicolau (PSD) perdeu o pai por covid-19 logo após o fim do primeiro turno. Durante a campanha, o pai de Nicolau esteve internado na UTI.

Outros dois candidatos, Romero Reis (Novo) e Chico Preto (DC), também tiveram de suspender atividades da campanha após serem infectados pelo novo coronavírus no primeiro turno.

Manaus voltou a ter aumento nos casos de covid-19, nas taxas de ocupação nos hospitais e o número de enterros. No interior do Amazonas, a situação também se agravou e houve transferências de pacientes para a capital.

A FVS (Fundação de Vigilância em Saúde) apontou a campanha eleitoral como a responsável pela nova aceleração da doença a partir de setembro.