PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ucrânia declara cessar-fogo unilateral em confronto com separatistas

Do UOL, em São Paulo

20/06/2014 13h39

O governo da Ucrânia anunciou nesta sexta-feira (20) um cessar-fogo unilateral nos combates contra separatistas pró-Rússia no leste do país. 

A medida, segundo o Ministério do Interior ucraniano, começa no fim desta sexta-feira e deve vigorar pelo menos até o próximo dia 27 de junho.

"As forças da operação antiterrotisa vão interromper as ações militares a partir de hoje e até 27 de junho", afirmou nota do presidente Petro Poroshenko.

As cidades afetadas pelo movimento separatista na Ucrânia - Arte/UOL - Arte/UOL
As cidades afetadas pelo movimento separatista na Ucrânia
Imagem: Arte/UOL

A ordem foi transmitida para todas as unidades das Forças Armadas, a Guarda Nacional e as Forças de Fronteira da Ucrânia, segundo um comunicado da presidência.  

"O Exército ucraniano cessa o fogo. Mas isso não quer dizer que não ofereceremos resistência em caso de agressão contra nossos militares", esclareceu Poroshenko. "Faremos todo o possível para defender o território de nosso Estado."

Além disso, o governante ressaltou que a integridade territorial do país "nem sequer é tema para se discutir".

Poroshenko realiza nesta sexta sua primeira visita na qualidade de chefe de Estado à região (mineradora) de Donbass, cenário há meses de combates entre as tropas e os insurgentes russófonos. os estatais e a descentralização do poder nas regiões.

O cessar-fogo faz parte de um pacote de ações sugerido por Poroshenko, para pôr fim ao conflito na região. Além do fim das hostilidades, o pacote prevê garantias de segurança para os participantes de eventuais negociações, a libertação dos reféns e o compromisso de que aqueles que depuserem suas armas não sejam julgados.

Além disso, o documento inclui a abertura de corredores para uma saída sem obstáculos dos combatentes, a desocupação de sedes de organismos estatais e a descentralização do poder nas regiões. (Com agências internacionais)

Internacional