PUBLICIDADE
Topo

Mais três suspeitos de ataques são identificados; um estaria foragido

Polícia belga detém suspeito no bairro de Molenbeek, em Bruxelas (Bélgica) - RTL Belgium/Reuters
Polícia belga detém suspeito no bairro de Molenbeek, em Bruxelas (Bélgica) Imagem: RTL Belgium/Reuters

15/11/2015 15h01Atualizada em 16/11/2015 07h36

Três supostos terroristas envolvidos nos ataques de Paris foram identificados, informou neste domingo (15) o jornal americano "Washington Post", citando fontes europeias de inteligência.

Dois deles seriam os irmãos franceses Ibrahim e Salah Abdeslam. O terceiro homem seria Bilal Hadfi. Os três viviam na Bélgica.

No sábado, o "Le Monde" havia identificado o francês de origem argelina Omar Ismail Mostefai, 29, como um dos atacantes da casa de shows Bataclan. 

De acordo com o "Post", um dos irmãos era um homem-bomba. O outro trabalhou na logística do ataque, alugando carros, e pode estar foragido da polícia. Uma ordem de captura internacional foi emitida.

Os ataques de sexta-feira (13) deixaram 129 mortos e 352 feridos, dos quais 99 em estado crítico. 

Prisões na Bélgica

Promotores da Bélgica disseram neste domingo (15) que sete pessoas foram detidas após operações em Bruxelas depois dos ataques de sexta-feira em Paris e que dois dos suspeitos que atuaram na capital francesa moravam na Bélgica.

Esses dois suspeitos estão entre os militantes que morreram durante os ataques de sexta-feira, afirmaram os promotores em comunicado.

A polícia belga, em cooperação com autoridades francesas, promoveram operações no fim de semana depois que dois carros com placas belgas foram encontrados em Paris, um deles perto da casa de shows Bataclan, onde ocorreu o ataque mais sangrento, e outro perto de Pere Lachaise.

Internacional