Homem que oferecia "abraços grátis" dá soco em turista que negou gorjeta

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram @karenlew17

Jermaine Himmselstein, 24, oferecia "abraços grátis" na Times Square, em Nova York (EUA), mas cobrava cerca de US$ 5 pelo abraço e por uma foto dos turistas. A única oferta gratuita dele na verdade for um soco em uma turista canadense que não quis dar gorjeta.

Na quinta-feira (12), ele foi preso por roubo depois de agredir a jovem de 22 anos. Segundo a imprensa americana, Sophie Violene Dauvois caminhava com uma amiga quando as duas foram surpreendidas pelo abraço de Himmelstein. Eles tiraram uma foto e ela passou a ser ameaçada quando se recusou a pagá-lo. Ele lhe deu um soco no rosto e correu. Sophie teve sangramento no rosto, ficou com o olho roxo e foi levada a um hospital.

Horas depois, Himmelstein foi pego na mesma Times Square em que agrediu a canadense e foi preso. Ele foi identificado graças ao retrato que forçou a jovem a tirar. "Eu estava pedindo gorjetas agressivamente", ele disse aos repórteres enquanto era levado para a delegacia. Himmelstein também não negou a agressão.

A polícia diz que ele já foi preso 16 vezes desde 2012, e segundo o "The New York Times", suas ameaças pelo abraço remunerado são antigas na área. Em um destes casos, em 2013, Himmelstein atirou uma lata de refrigerante cheia de água no rosto de uma jovem que recusou um abraço.

Em uma hora de abraços com ameaças, Himmelstein chegava a lucrar US$ 30 na Times Square.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos