Corpo de menino arrastado por jacaré nos EUA é encontrado

Do UOL, em São Paulo

O corpo do menino de 2 anos de idade que foi arrastado por um jacaré em Orlando (EUA), perto de um hotel da Disney, na noite de ontem, foi encontrado nesta quarta-feira (15), segundo a polícia local. 

Jerry Demings, o xerife que comanda a operação de buscas, confirmou a informação em entrevista a jornalistas.

De acordo com o xerife, a identificação formal do corpo será realizada a partir de agora, mas "o corpo estava totalmente intacto" e não há por que duvidar de que seja do menino.

A criança foi identificada como Lane Graves. Demings disse seus pais, originários do Estado de Nebraska, já tinham sido comunicados.

Mergulhadores da polícia localizaram o corpo submerso, por volta de 13h45 no horário local (14h45 em Brasília), que foi retirado da água cerca de duas horas depois.

Na entrevista coletiva também foi informado que cinco jacarés foram capturados e mortos e passarão por exames que possam identificar se algum deles foi o que atacou a criança.

Polícia de Orange County/Divulgação

Ataque à beira de uma lagoa

A família do garoto tinha saído de Nebraska para passar férias no hotel Grand Floridian, que fica perto do Magic Kingdom, principal parque da Disney e um dos mais populares de Orlando. 

Na noite de terça-feira, o menino, o pai, a mãe e a irmã de quatro anos passeavam na orla da lagoa Seven Seas, em frente ao hotel, quando a criança de 2 anos foi atacada pelo jacaré e arrastada para a água.

Testemunhas contaram à polícia que a menina brincava em um cercadinho que estava a uma distância entre 20 metros e 30 metros da água. Já o menino, segundo o xerife Demings, estava na parte rasa da lagoa.

Há placas no local alertando que é proibido nadar na área. O xerife disse que ninguém além da criança estava na água no momento do ataque.

Os pais da vítima tentaram tirá-la da boca do jacaré, um animal com um comprimento estimado em até dois metros, mas não conseguiram.

Helicópteros, barcos e radares foram usados na operação de buscas.

Interdição de praias em parques da Disney

A Disney já tinha anunciado mais cedo que todas as praias de seus resorts em Orlando tinham sido fechadas "por cautela", após o ataque.

A Comissão de Preservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida colocou à disposição agentes e armadilhas para capturar o animal que arrastou a criança.

De acordo com autoridades locais, não havia relatos recentes de incidentes envolvendo jacarés na região.

No início da tarde de hoje, cerca de 15 horas após o incidente, foi anunciado que não havia mais condições de encontrar a criança com vida e que as buscas seriam mantidas até que o corpo fosse localizado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos