Professora é presa acusada de seduzir e fazer sexo com jovem de 16 anos

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/ Fayette County Police

Uma professora foi presa por assediar sexualmente um aluno menor de idade em Kentucky, nos Estados Unidos. Lindsey Jarvis, 27, foi detida sob duas acusações de estupro - que ela nega ter cometido. Lindsey, que é casada, ainda responde por sodomia e relações ilegais com menores de idade.

Lindsey é acusada de ter feito sexo com um aluno de 16 anos enquanto ela lecionava em Woodford County Middle School, escola de ensino médio em Versailles, onde trabalhava dando aulas de estudos sociais desde 2013. Ela supostamente seduziu o garoto em maio de 2016 e teve relações cerca de um mês depois, de acordo com a TV WKYT - da rede CBS -, dos EUA.

Reprodução/WKYT

Em junho do mesmo ano, a professora mudou para Fayette County e virou assistente na Veterans Park Elementary School. Mesmo assim, o "romance" teria continuado. A versão foi confirmada pelo jovem, que mostrou evidências do caso nas mensagens que recebeu pelo celular.

Jarvis, que é casada desde 2013, pediu demissão da escola após o escândalo vir à tona. Um homem foi visto ao lado dela durante o julgamento por estupro, mas não se sabe se é o marido da professora.

A porta-voz das escolas de Fayette County, Lisa Deffendall, confirmou o pedido de demissão e preferiu não comentar o tema.

"Enquanto não pudermos comentar assuntos individuais, podemos apenas garantir que as famílias e demais membros da comunidade fiquem atentos sobre o caso", disse à TV WKYT.

Reprodução/WKYT

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos