PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Celebridade e comilão... Quem é o cachorro que viralizou após furacão nos EUA?

Cachorro Otis carrega um saco de ração após passagem do furacão Harvey - Reprodução / Facebook @tiele.dockens
Cachorro Otis carrega um saco de ração após passagem do furacão Harvey Imagem: Reprodução / Facebook @tiele.dockens

Colaboração para o UOL

28/08/2017 13h56

A história de um cachorro viralizou na internet após o relato de uma internauta norte-americana. O pastor alemão Otis foi visto carregando um saco de ração pelas ruas de Sinton no Texas, durante o furacão Harvey.

Mas quem é o cãozinho que comoveu a todos? Segundo o jornal "Boston Globe", Otis já era uma celebridade em Sinton muito antes de ficar famoso na web. E consegue atrair a atenção para conseguir comida.

Antes mesmo de viralizar, o bicho já era reconhecido e ganhava comida das pessoas da cidade. “Ele parece ter uma cara meio triste e as pessoas o admiram onde quer que ele vá”, conta Salvador Segovia, dono de Otis.

O cachorro-celebridade também gosta de fazer suas caminhadas sozinho e conhece bem a cidade por isso. Às vezes, ele visita a loja de laticínios e sempre ganha um sorvete ou hambúrguer. “Otis é um cachorro esperto. Ele sabe onde vai conseguir uma guloseima”, completa Segovia.

Uma das rotinas de Otis é visitar uma loja de ferragens que também vende ração, onde o dono sempre lhe dá comida. Segovia acredita que ele tenha passado por lá enquanto estava sumido e de alguma maneira entrou na loja e pegou um saco de ração.

Salvador estava tomando conta de Otis para o seu neto, que saiu da cidade com a família para fugir do furacão Harvey. Segundo ele, o pastor alemão deve ter por volta de 6 anos de idade e foi adotado ainda filhote. Em meio ao caos no Texas, Otis não se deixou abalar pelo rastro de destruição e foi fotografado circulando com um saco de ração na boca.

A imagem, claro, tornou-se viral nos Estados Unidos. Ela foi postada no Facebook por Tiele Dockens. E o furacão não foi o primeiro obstáculo tirado de "letra" pelo caõzinho.

Quando nasceu, um homem planejava abandonar Otis. Segovia fez questão de ficar com o . “Eu disse, ‘Não, não, não, deixa ele aqui, nós ficamos com ele’. O homem deixou o filhote com a gente, e acabou virando o cachorro do meu neto”, conta Segovia.

Internacional