PUBLICIDADE
Topo

Homem paga R$ 18,7 mil em contas vencidas de 36 famílias antes do Natal

Mike Esmond não queria que as famílias passassem o Natal que ele passou em 83, quando teve seu gás e sua energia cortados - Tony Giberson/tgiberson via Pensacola News Journal
Mike Esmond não queria que as famílias passassem o Natal que ele passou em 83, quando teve seu gás e sua energia cortados Imagem: Tony Giberson/tgiberson via Pensacola News Journal

Do UOL, em São Paulo

20/12/2019 10h31

Mike Esmond sabe como é passar o Natal sem energia e sem aquecedor. Ele e as três filhas passaram por isso no Natal de 1983 e foi por isso que ele decidiu pagar as contas em atrasos de 36 famílias de Gulf Breeze, na Flórida, este ano.

Devido à falta de dinheiro, ele não conseguiu pagar as contas daquele ano e lembra que aquele foi um dos anos mais frios em sua cidade, Pensacola. "Tínhamos pingentes de gelo pendurados em nossas janelas", contou ele ao jornal "Pensacola News Journal".

Hoje, Esmond, que tem 73 anos, é dono de um negócio de sucesso e utilizou seu dinheiro para garantir que nenhuma família tivesse que passar por isso. Ele foi até a prefeitura de Gulf Breeze e pediu uma lista das contas que estavam vencidas e corriam risco de terem gás e energia cortados.

Ao todo, 36 casas corriam risco de sofrerem cortes. Ele pagou todas as contas, totalizando 4,6 mil dólares (aproximadamente R$ 18,7 mil).

"Eu queria fazer algo que, na verdade, ajudaria as pessoas no Natal que estão tentando decidir entre pagar as contas e talvez ter algo cortado ou comprar presentes para a família", disse Esmond. "Quando recebi minha conta de luz este mês, notei que a data limite era 26 de dezembro, então fui à cidade e perguntei quantas pessoas teriam o gás ou a água desligados antes do Natal, então eles deram me os números e eu os paguei".

A prefeitura então enviou uma carta para as 36 famílias contando do ato de Esmond: "É nossa honra e privilégio informar que sua conta de serviços vencidos foi paga pela Gulf Breeze Pools and Spas [empresa de Esmond]", dizia. "Você pode descansar nesta temporada de férias, sabendo que tem uma conta a menos a pagar".

Ao jornal de Pensacola, Angela Cascio contou que ficou surpresa com a carta. Ela tem dois filhos, de 7 e 17 anos, e precisava escolher entre pagar as contas ou comprar o presente dos filhos.

Ela fez um post no Facebook dizendo que há "anjos entre nós" e outras pessoas comentaram que também foram presenteadas com o pagamento de suas dívidas.

Internacional