PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Menor entra armado em escola do México, provoca morte e se suicida

Policiais atendem a ocorrência em escola na cidade mexicana de Torreón, onde menor de idade entrou armado e efetuou disparos antes de se suicida - El Siglo de Torreón/Reprodução
Policiais atendem a ocorrência em escola na cidade mexicana de Torreón, onde menor de idade entrou armado e efetuou disparos antes de se suicida Imagem: El Siglo de Torreón/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

10/01/2020 12h57Atualizada em 10/01/2020 15h56

Um menor de idade entrou armado hoje em uma escola da cidade mexicana de Torreón e realizou diversos disparos dentro do local, matando pelo menos uma pessoa, identificada como uma professora. Em seguida, tirou a própria vida.

Informações iniciais do jornal El Siglo de Torreón afirmavam que o menor de idade ainda feriu quatro pessoas - número posteriormente corrigido para seis. Funcionários do Colegio Cervantes - campus Bosque, onde ocorreu o ataque, conseguiram evacuar o endereço.

Os feridos foram levados para um hospital particular da cidade, localizada a cerca de 1000 km da Cidade do México. Um professor de 40 anos e cinco crianças de idades entre 7 e 13 anos foram identificados entre os alvejados pelos disparos. A situação mais grave entre os sobreviventes é a de um aluno de 7 anos, em estado delicado após levar um tiro no abdômen.

Familiares de estudantes correram ao local em busca de notícias. "Nunca imaginaríamos isso", afirmou a mãe de um aluno.

As primeiras imagens do caso começaram a circular nas redes sociais por volta das 9h30 (horário local, 12h30 de Brasília). Tanto o ataque quanto a divulgação de fotos devem ser investigadas pelo Ministério Público do Estado de Coahulia de Zaragoza.

Em entrevista coletiva, o governador de Coahulia, Miguel Ángel Riquelme Solís, se disse "transtornado" com o ocorrido. "Era um aluno que não apresentava problemas, que tinha inclusive bom comportamento, mas que no dia de hoje, disse a alguns colegas que 'era o dia'", afirmou.

Internacional