PUBLICIDADE
Topo

Austrália é atingida por tempestades de poeira e granizo em menos de 24h

Do UOL, em São Paulo

20/01/2020 12h09

Cidades do sudoeste da Austrália foram atingidas por pedras de granizo do tamanho de bolas de golfe menos de 24 horas depois de a região ter sido atingida por tempestades de poeira.

As pedras de ganizo quebraram janelas de carros e feriram pássaros em Canberra na tarde de hoje (horário local). A tempestade segue em direção às cidades de Sydney, Wollongong e Newcastle, de acordo com a rede de televisão norte-americana CNN, citando o centro de meteorologia da Austrália.

A tempestade de granizo ocorre menos de 24 horas depois que tempestades de poeira se espalharam por Nova Gales do Sul no final da tarde de ontem, cobrindo cidades inteiras e cobrindo o sol.

A tempestade se moveu rapidamente, envolvendo bairros em minutos e escurecendo o céu azul. Elas provavelmente foram provocadas por fortes ventos na área - rajadas de vento de até 95 km/h em Parkes e 107 km/ h em Dubbo, de acordo com o Departamento de Meteorologia da Austrália. O estado está sofrendo com a seca há vários anos, o que significa que a terra está seca e o solo solto, facilitando a poeira do ar.

A chuva trouxe alívio para os moradores das cidades e também para os bombeiros, que combatem os piores incêndios que o país já viu em décadas. No entanto, elas não foram suficientes para apagar as chamas e provavelmente não serão suficientes para acabar com a seca, diz a CNN.

Internacional