PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Defensor de borboletas que estava desaparecido é encontrado morto no México

Homero González - Reprodução/Twitter
Homero González Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

30/01/2020 16h41

O ativista ambiental Homero Gómez González, que estava desaparecido desde o dia 13 de janeiro, foi encontrado morto no estado Michoacan, no México.

González trabalhava ativamente pela proteção da borboleta-monarcas, uma espécie que só existe nessa região e está ameaçada de extinção por conta da ação humana.

Hoje, começa o trabalho do IML para definir qual a causa da morte do ativista. A região de Michoacan é uma das mais violentas do México.

Em 12 de janeiro, pouco antes do seu desaparecimento, González publicou um vídeo convidando turistas a visitarem a Reserva da Biosfera Borboleta-monarca, um santuário que protege esse inseto raro. "São as noivas do sol, a alma dos mortos. Simplesmente herança da humanidade", afirmou.

Internacional