PUBLICIDADE
Topo

Mulher pega 2 anos de prisão por tentar abrir porta de avião durante voo

Gavin Priestley/Divulgação
Imagem: Gavin Priestley/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

12/02/2020 11h52

Uma mulher britânica de 26 anos foi sentenciada a dois anos de prisão por ter tentado abrir a porta de um avião e ter agredido um tripulante durante um voo em junho do último ano.

Chloe Haines recebeu a pena hoje do juiz Charles Gratwicke, que em sua sentença destacou o pânico que a atitude causou nos outros passageiros.

"Aqueles que estão confinados em uma aeronave inevitavelmente ficarão angustiados, assustados e petrificados pelas ações daqueles que estão em estado de embriaguez e colocam em risco suas vidas", disse.

Em sua defesa, Chloe Haines alegou que havia misturado bebidas alcoólicas com medicamentos e não se lembrava do que havia acontecido.

A atitude de Chloe Haines fez com que o voo Jet2 do Reino Unido para a Turquia tivesse que voltar para o aeroporto de Stansted.

Dois caças da RAF (força aérea britânica) foram escalados para escoltar o avião e o prejuízo estimado pela companhia com a alteração do voo foi de 86 mil libras (cerca de R$ 483 mil).

Internacional