PUBLICIDADE
Topo

Trump diz não estar preocupado com Bolsonaro ser monitorado por coronavírus

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente dos EUA, Donald Trump, durante jantar na Flórida - Jim Watson/AFP
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente dos EUA, Donald Trump, durante jantar na Flórida Imagem: Jim Watson/AFP

Do UOL, em São Paulo

12/03/2020 12h31

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje não estar preocupado com o fato de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estar sendo monitorado para o coronavírus, após ambos terem se reunido para um jantar no resort de Mar-a-Lago, de propriedade do líder norte-americano, no fim de semana, na Flórida.

Bolsonaro e toda a comitiva que esteve em missão oficial nos Estados Unidos passam por exames para coronavírus.

O secretário de comunicação, Fábio Wajngarten, teve teste positivo para a doença e aguarda contraprova.

Jornais norte-americanos repercutiram a notícia do teste positivo do chefe da Secom, lembrando que ele também teve um encontro Trump, conforme registrou em seu Instagram.

"Dias após estar perto de Trump e Pence (vice-presidente dos EUA), oficial brasileiro testa positivo para o vírus", destacou o The New York Times. A notícia também foi destaque no Washington Post.

"Make Brazil Great Again" @realdonaldtrump @mikepence @alvarogarnero

Uma publicação compartilhada por Fabio Wajngarten (@fabiowajngarten) em

* Com Reuters

Internacional