PUBLICIDADE
Topo

EUA se tornam primeiro país com mais de 100 mil casos de coronavírus

Times Square esvaziada em Nova York, nos EUA, durante a pandemia de coronavírus - Lev Radin/Pacific Press/LightRocket via Getty Images
Times Square esvaziada em Nova York, nos EUA, durante a pandemia de coronavírus Imagem: Lev Radin/Pacific Press/LightRocket via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/03/2020 19h56

Os Estados Unidos se tornaram o primeiro país a passar de 100 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus, indicou hoje um levantamento da Universidade Johns Hopkins. O estudo mostra que já são 100.717 casos da covid-19, com pouco menos da metade concentrada na região da cidade de Nova York.

Esses números não são do governo americano. Os dados oficiais só serão divulgados pelo CDC (sigla em inglês para Centro de Controle e Prevenção de Doenças) no final desta sexta-feira (27).

De acordo com a universidade, o estado de Nova York possui 44.870 casos. Nova Jersey aparece com o segundo lugar, com 8.825. Na sequência, estão Califórnia (4.569 casos), Michigan (3.634) e Washington (3.264).

A agência Reuters, que possui contagem própria, também chegou ao número nacional de mais de 100 mil casos nos EUA. O país ocupa a liderança em contaminação no mundo, seguido da Itália (86.948) e da China (81.340).

Em todo o mundo, a OMS (Organização Mundial de Saúde) confirmou que já são mais de 500 mil casos oficiais, com mais de 20 mil mortes.

Coronavírus