PUBLICIDADE
Topo

Crimes caem drasticamente em Nova York com quarentena, diz polícia

Policial usa máscara em Nova York, nos Estados Unidos - EDUARDO MUNOZ ALVAREZ / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
Policial usa máscara em Nova York, nos Estados Unidos Imagem: EDUARDO MUNOZ ALVAREZ / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Do UOL, em São Paulo

31/03/2020 15h37

O comissário da polícia de Nova York, Dermot Shea, afirmou que os crimes na cidade tiveram grande baixa desde o início da quarentena imposta para conter a propagação do novo coronavírus nos Estados Unidos.

"O crime saiu do mapa. O tráfego de pedestres é quase nulo neste momento", disse Shea. A poucas chamadas também contribuem para a polícia, já que 15% dos policiais, cerca de 5600 pessoas, estão doentes e afastados.

Apesar disso, a polícia de Nova York mandou 17 policiais voltarem ao trabalho após testarem positivo para a Covid-19.

"Eles estão de volta, estão melhores e estarão ajudando as pessoas", explicou Shea.

Mais de 900 pessoas morreram em Nova York por complicações do coronavírus, de acordo com dados do departamento de saúde da cidade divulgados na noite de ontem. Nova York tem mais de 38 mil casos de moradores com Covid-19.

Coronavírus