PUBLICIDADE
Topo

Panamá faz rodízio de quarentena: Homens e mulheres não saem no mesmo dia

Homens e mulheres não poderão sair no mesmo dia - iStock
Homens e mulheres não poderão sair no mesmo dia Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

31/03/2020 12h11

O governo do Panamá anunciou uma medida controversa para enfrentar o coronavírus. A partir de amanhã, homens e mulheres não poderão sair no mesmo dia para fazer suas compras básicas.

Desde o dia 25 está vigorando no país um sistema de rodízio que obriga os cidadãos que estão nas ruas a apresentarem um documento de identidade. O número final do documento determina se a pessoa pode estar na rua ou não.

Por exemplo, uma pessoa que tem o documento com final 7 pode estar nas ruas das 6h30 às 8h30 da manhã. Já quem tem o final 1 pode fazar compras ou resolver emergências médicas das 12h30 às 14h30.

Com a nova regra do gênero, homens poderão sair de casa às terças, quintas e sábado, enquanto as mulheres poderão circular às segundas, quartas e sextas. Sempre respeitando o horário do rodízio.
A multa para quem não obedecer as regras varia entre US$ 50 mil a US$ 100 mil (cerca de R$ 259 mil a R$ 518 mil).

Coronavírus