PUBLICIDADE
Topo

Covid-19: Madri pode ter 3 mil mortes além dos números oficiais, diz jornal

Após a Espanha confirmar os primeiros casos de coronavírus nesta semana, torcedores usam máscaras de proteção - Oscar del Pozo/AFP
Após a Espanha confirmar os primeiros casos de coronavírus nesta semana, torcedores usam máscaras de proteção Imagem: Oscar del Pozo/AFP

Do UOL

07/04/2020 19h35

Dados de mortes registradas em Madri na segunda quinzena de março mostram que o número de mortos em decorrência do coronavírus pode ser de 3 mil pessoas a mais do que o registrado pelo governo espanhol, segundo o El País.

O Superior Tribunal de Justiça mostra que juízes dos registros civis de Madri assinaram neste período 9.007 atestados de óbito, enquanto números do Instituto Nacional de Estatísticas mostram cerca de metade disso em todo o mês: 4.125 mortes.

Como os dados do INE não estão disponíveis por quinzenas, mas por mês, o El País calculou a média de 133 mortes diárias em março e percebeu que na segunda quinzena de março deste ano, ocorreram 6.613 mortes a mais em Madri do que no mesmo período do ano passado. Esse número é muito superior às mortes por coronavírus das estatísticas oficiais, que são de 3.439.

Isso acontece porque o Ministério da Saúde crava o número de óbitos contando apenas as vítimas que foram testadas e tiveram resultado positivo para covid-19.

Coronavírus