PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Com equipamentos de proteção, casal de enfermeiros se abraça: 'Ele entende'

30.mar.2020 - Juntos na linha de frente do combate ao coronavírus, o casal de enfermeiros Mindy Brock e Ben Cayer se abraça - Nicole Hubbard/Associated Press
30.mar.2020 - Juntos na linha de frente do combate ao coronavírus, o casal de enfermeiros Mindy Brock e Ben Cayer se abraça Imagem: Nicole Hubbard/Associated Press

Do UOL, em São Paulo

15/04/2020 19h41Atualizada em 15/04/2020 19h44

Em um hospital dos Estados Unidos, o casal de enfermeiros Mindy Brock, 38, e Ben Cayer, 46, foi fotografado em um abraço cheio de significado. Usando várias camadas de equipamentos de proteção, os dois aparecem segurando o rosto um do outro —e a imagem não precisou de muito para viralizar.

A foto, segundo a ABC News, foi tirada por um colega de trabalho. "Todo mundo está falando sobre a foto", disse Cayer ao canal de TV americano. "Todos estamos passando pela mesma coisa agora, e é um símbolo de esperança e amor."

Cayer e Brock trabalham no Tampa General Hospital, na Flórida. Além de uma casa e uma profissão, os dois agora compartilham uma missão: entubar pacientes em cirurgia que podem ou não estar infectados pelo coronavírus —o que explica a quantidade de equipamentos de proteção usada pelo casal.

Normalmente chegam para os enfermeiros pessoas que sofreram acidentes de carro ou AVC (Acidente Vascular Cerebral). Como em muitos hospitais dos EUA e do mundo, apenas cirurgias de emergência, como essas, podem continuar sendo feitas.

O casal se conheceu na escola de enfermagem em 2007. Como eles sentavam em ordem alfabética, Brock sempre ficava perto de Cayer —e foi aí que tudo começou. Hoje, eles já somam cinco anos de casados.

Na manhã do dia em que a foto foi tirada, porém, os dois tiveram uma pequena briga a caminho do trabalho, segundo contaram à ABC News. Por quê? Não concordaram sobre a música a ser tocada no carro, nem sobre quem estaria lavando mais louça em casa.

Mais tarde, quando se encontraram entre cirurgias, a tensão desapareceu. "No fim das contas, todas aquelas coisas banais que estávamos discutindo de manhã não eram tão importantes", disse ela.

Brock já foi diagnosticada com a covid-19 e se recuperou. O marido Cayer disse não ter medo de pegar a doença.

Ao final, ela diz que ser casada com um enfermeiro ajuda muito. "A menos que você esteja fazendo isso [que fazemos], não tem como descrever. Ele entende."

Coronavírus