PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Reino Unido pode começar a relaxar 'lockdown' na próxima semana

27.abr.2020 - O primeiro-ministro britânico Boris Johnson fala em Downing Street depois de se recuperar da covid-19  - John Sibley/Reuters
27.abr.2020 - O primeiro-ministro britânico Boris Johnson fala em Downing Street depois de se recuperar da covid-19 Imagem: John Sibley/Reuters

Do UOL, em São Paulo

06/05/2020 09h44Atualizada em 06/05/2020 10h05

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, sinalizou hoje que algumas medidas do "lockdown" podem ser relaxadas a partir da próxima segunda-feira (11), informou a imprensa britânica.

Em um embate com o líder trabalhista Keir Starmer no Parlamento britânico, Johnson afirmou que deverá fazer um pronunciamento no domingo (10) para informar quais medidas serão aliviadas. O primeiro-ministro também estabeleceu uma nova meta de 200 mil testes diários para detectar a covid-19 até o fim do mês.

De acordo com o jornal "The Guardian", as mudanças poderiam incluir a permissão para mais atividades ao ar livre e regras para que empresas possam voltar às atividades mantendo o distanciamento entre os funcionários.

A declaração de Johnson vem um dia após o Reino Unido ultrapassar a Itália em número de mortes causadas pelo coronavírus. Até ontem, o país contabilizava 29.427 óbitos em decorrência da covid-19 e 194.990 pessoas infectadas.

As mortes por coronavírus no Reino Unido já são a maior da Europa e a segunda maior do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Coronavírus