PUBLICIDADE
Topo

Macacos roubam amostras de sangue contaminado com coronavírus na Índia

Macacos langurs correm por ruas desertas durante quarentena em Ahmedabad, na Índia - Sam Panthaky/AFP
Macacos langurs correm por ruas desertas durante quarentena em Ahmedabad, na Índia Imagem: Sam Panthaky/AFP

Do UOL, em São Paulo

29/05/2020 10h10Atualizada em 29/05/2020 10h26

Um bando de macacos atacou um assistente de laboratório na Índia e roubou suas amostras de sangue retiradas de pacientes com o novo coronavírus. O ataque aconteceu na semana passada, no estado indiano de Uttar Pradesh.

O técnico de laboratório andava pelo campus de uma faculdade pública da cidade de Meerut no momento em que o grupo avançou contra ele.

"Os macacos pegaram e fugiram com as amostras de sangue de quatro pacientes com covid-19 que estão em tratamento. Tivemos que colher suas amostras de sangue novamente", disse o reitor da universidade, SK Garg, à agência de notícias Reuters.

As autoridades temem que os animais tenham levado o material para residências próximas ao campus.

Um dos macacos foi visto em uma árvore mastigando um dos kits de coleta, segundo o jornal local Times of India.

Garg explicou à Reuters que não há evidências de que os macacos possam contrair o vírus mesmo se entrarem em contato com o sangue infectado.

A Índia tem hoje mais de 167 mil casos registrados e 4.797 mortes pelo novo coronavírus.

Entenda como se dá a transmissão da doença quando espirramos ou tossimos:

Coronavírus