PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Força policial para conter protestos em Minnesota é a maior desde 1929

Do UOL, em São Paulo

30/05/2020 12h44Atualizada em 30/05/2020 12h56

O total de polícias destacados para conter os protestos que avançam em Minnesota é o maior desde 1929. De acordo com a rede CNN, 2.500 policiais do estado estão em Minneapolis e St. Paul para fazer a segurança.

Além disso, o governador de Minnesota autorizou uso total da Guarda Nacional na região. Com isso, mais 1.700 agentes devem reforçar a segurança —desse total, cerca de 700 já atuaram na contenção dos protestos de ontem à noite.

Essa é a primeira vez que a Guarda Nacional foi mobilizada nessa proporção desde a Segunda Guerra Mundial, informou a instituição no Twitter. "Estamos 'todos dentro' para restaurar a ordem e assegurar a paz em Minnesota."

Protestos avançam pelo 4º dia

Ontem, foi o quarto dia consecutivo de protestos em Minnesota. O movimento começou após a morte do segurança negro George Floyd durante uma abordagem policial em Minneapolis.

As manifestações têm sido violentas, com incêndios a lojas e delegacias, saques e confronto com a polícia.

Dezenas de outras cidades pelos Estados Unidos também tiveram protestos ontem. Em Detroit, um jovem de 19 morreu após ser baleado em uma manifestação. Em Oakland, dois policiais também foram alvejados —um deles morreu.

A polícia de Minnessota anunciou a expulsão dos quatro policiais que participaram da abordagem que resultou na morte de Floyd e a prisão do agente que aparece no vídeo com o joelho sobre o pescoço de Floyd.

Internacional