PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Trump vai participar de evento com mais de 7 mil pessoas em meio à pandemia

Donald e Melania Trump vão hoje ao Memorial Nacional Monte Rushmore, na Dakota do Sul (foto) - Visions of America/Universal Images Group via Getty Images
Donald e Melania Trump vão hoje ao Memorial Nacional Monte Rushmore, na Dakota do Sul (foto) Imagem: Visions of America/Universal Images Group via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

03/07/2020 09h47Atualizada em 03/07/2020 12h00

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a primeira-dama, Melania, vão hoje ao Memorial Nacional Monte Rushmore, na Dakota do Sul, para comemorar o início do feriado de 4 de julho — data em que a Independência do país é celebrada — em uma reunião de cerca de 7.500 pessoas em meio à pandemia do novo coronavírus.

Nenhum distanciamento social está planejado para o evento, apesar de os Estados Unidos registrarem mais de 2,7 milhões de casos de coronavírus e 128.740 mortes, segundo dados da Universidade John Hopkins.

"Dissemos às pessoas que temem que fiquem em casa, mas quem quiser vir e se juntar a nós, daremos máscaras faciais gratuitas se optarem por usar uma. Mas não teremos distanciamento social", disse a governadora do estado Kristi Noem à Fox News.

Os 7.500 ingressos para o evento são inferiores ao fluxo normal de visitantes durante a movimentada temporada de verão, segundo a rede de TV norte-americana CNN.

Em dias normais, 28 mil a 32 mil visitantes vão ao Monte Rushmore durante um período de 10 horas. Em meio à pandemia, a atração nunca fechou, mas a visitação caiu para cerca de 20 mil pessoas, disse Maureen McGee-Ballinger, chefe de interpretação e educação do local.

Coronavírus