PUBLICIDADE
Topo

Autoridades americanas temem possível suicídio de Ghislaine Maxwell

Ghislaine Maxwell participa de coletiva de imprensa sobre desenvolvimento sustentável na ONU, em Nova York - REUTERS TV
Ghislaine Maxwell participa de coletiva de imprensa sobre desenvolvimento sustentável na ONU, em Nova York Imagem: REUTERS TV

Do UOL, em São Paulo

09/07/2020 16h45

Autoridades federais dos Estados Unidos temem que a socialite Ghislaine Maxwell possa tentar suicídio agora que está presa, acusada de ser aliciadora de menores para o bilionário Jeffrey Epstein.

Um funcionário da prisão que acompanha o caso de perto afirmou à Associated Press que roupas e lençóis foram tirados da cela de Maxwell. Ela estaria usando trajes de papel.

As medidas teriam sido tomadas para garantir a segurança dela, que está em um presídio de segurança máxima em Nova York desde que foi presa.

O Departamento de Justiça implementou protocolos de segurança adicionais e as autoridades federais foram encarregadas de garantir a proteção adequada e os protocolos das prisões estão sendo seguidos, disse o funcionário.

A preocupação é porque o próprio Epstein cometeu suicídio em agosto do ano passado em uma prisão federal após ter sido preso por estupro e tráfico de mulheres.

Internacional