PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump já deu 20 mil declarações falsas ou enganosas, aponta levantamento

Em média, foram 23 mentiras ou desinformações por dia desde a criação do The Fact Checker, do The Washington Post, há 14 meses - Saul Loeb/AFP
Em média, foram 23 mentiras ou desinformações por dia desde a criação do The Fact Checker, do The Washington Post, há 14 meses Imagem: Saul Loeb/AFP

Do UOL, em São Paulo

13/07/2020 16h41Atualizada em 13/07/2020 18h01

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, levou pouco mais de 1.200 dias para bater a marca de 20 mil declarações falsas ou enganosas, segundo o The Fact Checker, levantamento feito pelo jornal The Washington Post. Em média, foram 23 mentiras ou desinformações por dia desde a criação do projeto, há 14 meses.

O levantamento ainda aponta que Trump levou 827 dias para chegar as primeiras 10 mil declarações falsas ou enganosas — média de 12 falas por dia —, mas apenas 440 para bater a marca das 20 mil, alcançada no último dia 9.

Entre as primeiras e as últimas 10 mil declarações, vieram à tona as acusações de que Trump teria tentado pressionar a Ucrânia para obter ganhos políticos pessoais, o consequente julgamento de seu processo de impeachment (que não passou do Senado), a pandemia de covid-19 e os protestos contra a violência policial motivados pela morte de George Floyd.

As discussões sobre a possibilidade de afastamento do presidente, bem como as suspeitas que levaram a elas, contribuíram com quase 1.200 das últimas 10 mil falas mentirosas ou enganosas de Trump. O novo coronavírus, em pauta há apenas alguns meses, respondeu por cerca de 1.000 declarações.

A ideia de que o presidente ultrapassaria a marca de 20 mil parecia "ridícula" quando o The Fact Checker começou o levantamento, diz o Washington Post. Isso porque, a princípio, Trump tinha uma média diária de declarações falsas ou enganosas abaixo de cinco, o que significaria cerca de 7 mil falas em quatro anos de mandato.

Até 9 de julho, porém, foram 20.055 mentiras ou desinformações em 1.267 dias. "O tsunami de inverdades vai ficando cada vez maior", alerta a publicação.

Ainda segundo o levantamento, Trump alcançou as 20 mil declarações durante uma entrevista à Fox News justamente no último dia 9. Cerca de metade das 62 mentiras ou desinformações ditas pelo presidente naquele dia vieram da conversa com o âncora Sean Hannity.

Confira algumas delas:

"O ex-presidente Barack Obama não quis dar equipamento militar adicional à polícia"

Obama, lembra o jornal, realmente reduziu o programa do governo em questão, mas ainda permitiu o uso de armas de fogo especializadas, aeronaves tripuladas e não tripuladas, explosivos e equipamentos para dispersar motins e greves.

"Trump tem um apoio enorme da comunidade afro-americana"

Não há nenhum levantamento que comprove isso.

"Obama e o ex-vice-presidente Joe Biden [hoje adversário de Trump nas eleições] praticaram espionagem durante sua campanha e sabiam de tudo que estava acontecendo"

Trump tem feito acusações deste tipo a Obama desde 2017, todas elas baseadas em pouca ou nenhuma evidência.

Internacional