PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Carta de Rosa Parks sobre Martin Luther King está à venda por R$ 282 mil

Rosa Parks com Martin Luther King Jr., em 1965 - Getty Images
Rosa Parks com Martin Luther King Jr., em 1965 Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/08/2020 14h57

Uma carta escrita pela ativista norte-americana Rosa Parks sobre o reverendo Martin Luther King Jr. está à venda por US$ 54 mil (valor equivalente a R$ 282 mil).

O texto é datado de 6 de outubro de 1981 e foi endereçada a um homem identificado como Sr. Kessler, um colecionador de autógrafos que escreveu a Parks perguntando suas impressões sobre Martin Luther King, informou à emissora norte-americana CNN Gary Zimet, CEO do site Moments in Time, responsável pela venda da carta.

Na carta, Parks diz: "Eu o admirava e respeitava como um homem verdadeiramente grande, comprometido com a liberdade, a paz e a lealdade por toda a humanidade oprimida. Ele era um líder do povo em Montgomery, Alabama, e no país".

Em 1955, King organizou um boicote aos ônibus depois que Rosa Parks foi presa por se recusar a ceder seu lugar no transporte público para um homem branco. O boicote se tornou um protesto pelos direitos civis; na ocasião, afro-americanos se recusaram a usar os ônibus da cidade de Montgomery por conta da separação de assentos.

A ação durou mais de um ano, começando em 5 de dezembro de 1955 e terminando em 20 de dezembro de 1956, quando a Suprema Corte dos Estados Unidos pôs fim à segregação nos transportes.

Martin Luther King Jr. foi assassinado em 1968 e Rosa Parks morreu 37 anos depois, em 2005, de causas naturais.

Internacional