PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Faustino Torella, cônsul da Venezuela em Boa Vista, morre devido à covid-19

Cônsul da Venezuela em Boa Vista, Faustino Torella morreu devido a complicações da covid-19 - Reprodução/Twitter
Cônsul da Venezuela em Boa Vista, Faustino Torella morreu devido a complicações da covid-19 Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

05/08/2020 18h07

O cônsul da Venezuela em Boa Vista, Faustino Torella, 57, morreu hoje devido a complicações decorrentes da covid-19, em Santa Elena de Uairén, cidade venezuelana fronteiriça com o Brasil, localizada a 230 quilômetros da capital de Roraima, segundo nota oficial do Governo Bolivariano da Venezuela.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, lamentou a morte em nome do presidente Nicolás Maduro e afirmou que Torella contraiu o novo coronavírus em Boa Vista.

"Lamento informar que após uma longa batalha contra a covid-19 e suas sequelas, hoje faleceu nosso querido camarada Faustino Torella, cônsul da Venezuela em Boa Vista, onde se contagiou. Expressamos nosso pesar em nome do presidente Nicolás Maduro e abraçamos sua família", disse o chanceler Arreaza.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, a Venezuela tem 21.438 casos confirmados do novo coronavírus e 187 mortes.

Torella foi nomeado para o cargo de cônsul na capital de Roraima em novembro de 2018. Também ocupou o cargo de diretor-geral da Oficina de Relações Internacionais do Ministério do Poder Popular de Industrias em 2013.

Autoridades venezuelanas denunciam falta de atendimento a Torella em Boa Vista

Maduro afirmou que o governo venezuelano transferiu Torella para a Venezuela em 23 de julho porque em Boa Vista não havia atendimento. O presidente ainda disse que o estado brasileiro está em colapso na saúde com pessoas morrendo nas ruas.

"Nós o trouxemos em emergência de Boa Vista, porque não havia forma de atende-lo. O coronavírus está colapsando em Boa Vista. Está colapsando todos os hospitais, todas as clínicas; as pessoas estão morrendo nas ruas", afirmou Maduro.

Segundo o ministro Arreaza, o cônsul não recebeu o tratamento necessário. "O Brasil não garantia a atenção médica nem o tratamento."

De acordo o boletim do Ministério da Saúde divulgado hoje, Roraima tem 34.296 casos confirmados de covid-19, com 9.047 pacientes curados e 532 mortes.

Coronavírus