PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Fóssil encontrado por criança em 2003 é de nova espécie de preguiça-gigante

Bicho preguiça - iStock
Bicho preguiça Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

21/09/2020 18h52

Cientistas do Museu Nacional da Costa Rica confirmaram que um fóssil encontrado há 17 anos por um garoto é de uma nova espécie de preguiça-gigante.

Os cientistas, que vem acompanhando o caso desde 2003, deram ao animal o nome de Sibotherium Ka, que viveu na região sul do país da América Central há 5,8 milhões de anos.

O estudo foi realizado em campo e em laboratório pelos costarriquenhos Ana Lucía Valerio e César Laurito, além do venezuelano Ascanio Rincón.

O trio descobriu restos fossilizados de membros anteriores e posteriores, molares, fragmentos de crânio, costelas e vértebras deste novo gênero de preguiça.

Sibotherium ka media cerca de três metros de altura, mas houve preguiças ainda maiores que já andaram pelo planeta Terra, algumas até com quatro metros.

O museu aponta que para concluir que se trata de um novo gênero de animal, foram necessários sete anos de pesquisa de campo de Valerio e Laurito, mais dois anos de pesquisa de laboratório, junto com Rincón, e comparação de restos fósseis com pelo menos 15 outros gêneros.

Dessa forma, os cientistas concluíram que não foram encontrados registros idênticos em outras partes do mundo.

Internacional