PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Modelo russa é espancada por streamer durante transmissão no YouTube

Mellstroy aparece em imagens da transmissão agredindo violentamenta a modelo de 21 anos - Reprodução
Mellstroy aparece em imagens da transmissão agredindo violentamenta a modelo de 21 anos Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/10/2020 16h34

A modelo Alena Efremova, de 21 anos, foi atacada pelo streamer Andrey Burim, durante uma transmissão ao vivo de uma festa de influencers russos, no YouTube. O agressor é famoso pelo codinome Mellstroy, com o qual faz transmissões de jogos e produz outros conteúdos nas redes sociais.

As cenas de violência foram exibidas para os mais de 680 mil inscritos no canal do YouTube de Burim. Nas imagens, Mellstroy bate a cabeça de Alena repetidamente contra uma mesa, depois de pegá-la pelo pescoço. Enquanto isso, outros convidados da festa apenas conversam, como se nada acontecesse.

De acordo com a imprensa russa, Efremova ficou traumatizada pelas agressões. Após o ataque, é possível ver ferimentos no rosto da jovem, que sangra. Pedidos pelo banimento de Burim do YouTube, onde os vídeos dele já somam mais de 32 milhões de visualizações, já começaram a aparecer nas redes sociais.

Modelo mostra os ferimentos deixados por agressão de Mellstroy contra ela, durante live - Reprodução - Reprodução
Modelo mostra os ferimentos deixados por agressão de Mellstroy contra ela, durante live
Imagem: Reprodução

Em um vídeo, que também circula nas redes sociais, Alena chora ao falar sobre o ocorrido: "Mellstroy me espancou e humilhou publicamente durante uma transmissão dele. Quero que ele seja punido por isso para que não aconteça a outra pessoa", afirmou.

De acordo com o Daily Mail, o ativista Mikhail Netsvetaev entrou com pedido junto à Promotoria de Justiça de Moscou para bloquear o canal de YouTube de Mellstroy. A polícia da Bielorrússia, país natal de Mellstroy, estaria em busca do streamer para que ele responda a acusações de abuso online.

Internacional