PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Cirurgião morre de ataque cardíaco em cirurgia e vira herói: 'um mártir'

Dr. Al Emari sentia dores no estômago durante cirurgia - iStock
Dr. Al Emari sentia dores no estômago durante cirurgia Imagem: iStock

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/11/2020 14h31

Um cirurgião ortopédico morreu após ataque cardíaco durante uma cirurgia, na região de Asir, sudoeste da Arábia Saudita. A informação, divulgada hoje, é do site Gulf News.

Segundo as informações, Mahdi Al Emari queixou-se de dores no estômago, mas, ainda assim, insistiu em continuar o procedimento para ajudar o paciente.

O médico Majid Al Shehri, responsável pelo departamento de ortopedia do hospital, afirmou que exames confirmam a morte por ataque cardíaco e, ainda, prestou homenagem a Al Emari. De acordo com o site do jornal Extra, o médico sofreu dois infartos no mesmo dia. Quando sofreu o primeiro, foi convencido por colegas a realizar um eletrocardiograma. Depois, foi para o centro cirúrgico e sofreu o segundo - e fatal - infarto. Não ficou claro se Al Emari recebeu o resultado do exame.

"Al Emari deu o exemplo de sacrifício que um médico pode fazer até o último momento de sua vida. Apesar das fortes dores de estômago, ele insistiu em fazer a cirurgia para o paciente. Ele morreu enquanto realizava seu trabalho. Ele é um mártir do trabalho", disse Al Shehri.

Internacional