PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Homem pilota cortador de grama por toda Flórida para arrecadar fundos

Chip Hawthorne resolveu pilotar seu cortador de grama por todo o estado norte-americano da Flórida - Reprodução/Youtube/Main Street Mower
Chip Hawthorne resolveu pilotar seu cortador de grama por todo o estado norte-americano da Flórida Imagem: Reprodução/Youtube/Main Street Mower

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/04/2021 17h49

Um homem resolveu pilotar um cortador de grama por todo o estado da Flórida, nos Estados Unidos, para arrecadar dinheiro para a organização sem fins lucrativos West Orange Habitat for Humanity, que constrói casas para famílias de baixa renda.

Chip Hawthorne é funcionário da empresa de paisagismo Main Street Mower e apelidou a aventura no cortador de grama de "Mowathon". Ele realizou sua jornada de 209 quilômetros na semana passada, começando no dia 8 de abril, a partir de Winter Garden, a 22,5 km de Orlando.

Tudo foi transmitido ao vivo no Facebook e as doações foram feitas no site de arrecadação coletiva GoFundMe. Até agora, Chip já arrecadou por lá 10,8 mil dólares -aproximadamente R$ 60,7 mil.

"Se dirigir um cortador de grama em todo o estado da Flórida ajuda a fornecer a alguém um lar em minha comunidade, então tem sido um bom uso do meu tempo", disse o funcionário, a FoxNews.

O americano pedalou com uma velocidade média de 16 quilômetros por hora, chegando até a cidade de Spring Hill no mesmo dia em que partiu de Winter Garden. Ele teve ajuda de acompanhantes e de uma escolta policial para pilotar pelas ruas.

Por sorte, tudo saiu dentro do planejado. A aventura fez sucesso, alcançando cerca de 10 mil visualizações no Facebook somente nas primeiras quatro horas, segundo o site Orange Observer.

"A coisa mais louca foi estar diante das câmeras por 13 horas e 45 minutos de transmissão ao vivo e ser apenas interativo e direto o tempo todo, especialmente durante situações estressantes. A certa altura, você está em estradas movimentadas e os carros passam zunindo. Estávamos seguros e mantivemos o tráfego em movimento", relatou Chip.

Internacional