PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

'Monstro do rio' pescado nos EUA pesa 109 kg e pode ter mais de 100 anos

Peixe de 109 quilos foi fisgado em abril no Rio Detroit, nos Estados Unidos - Fish and Wildlife Service/Twitter
Peixe de 109 quilos foi fisgado em abril no Rio Detroit, nos Estados Unidos Imagem: Fish and Wildlife Service/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/05/2021 15h32Atualizada em 07/05/2021 16h32

Apelidado de "monstro do rio", um peixe de 109 quilos, que pode ter mais de 100 anos, foi fisgado em abril no Rio Detroit, nos Estados Unidos.

A fêmea do peixe esturjão (nome comum para espécies da família Acipenseridae) mede um pouco mais de 2 metros e, depois de registrada, foi jogada de volta nas águas.

Segundo a CNN Internacional, especialistas acreditam que o animal é um dos maiores esturjões já registrados em território americano. Com base em sua circunferência e tamanho, eles estimaram a sua idade centenária.

Uma imagem da criatura foi compartilhada nas redes sociais pela equipe do Escritório de Conservação de Peixes e Vida Selvagem de Alpena, uma cidade no estado do Michigan.

"Uma captura de uma vez na vida para nossa tripulação de espécies nativas do Rio Detroit na semana passada!", anunciou a entidade. "Este peixe é um dos maiores esturjões de lago já registrados nos EUA".

Now that's how you take a fish photo! The Alpena Fish and Wildlife Conservation Office crew caught this 240 pound, 6' 10...

Publicado por U.S. Fish and Wildlife Service em Segunda-feira, 3 de maio de 2021

"Ela provavelmente nasceu no rio Detroit por volta de 1920, quando Detroit se tornou a quarta maior cidade da América", também informou o escritório.

O esturjão do lago é um peixe de água doce que vive na América do Norte, da Baía de Hudson, no Canadá, até o rio Mississipi. Essas criaturas se movimentam lentamente e preferem habitats de areia ou cascalho no fundo de lagos ou leitos de rios.

As fêmeas, que podem viver até 150 anos, só sobem mais em direção à superfície durante a época de desova. Já os machos vivem entre 50 a 60 anos, de acordo com o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos.

O grupo de peixes é listado como ameaçado em 19 dos 20 estados norte-americanos onde eles habitam. A sua superexploração e a perda de habitat estão entre os motivos para o declínio dos esturjões.

Internacional