PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Castillo mantém ligeira vantagem com quase 100% das urnas apuradas no Peru

Pedro Castillo e Keiko Fujimori disputam voto a voto a vitória nas eleições presidenciais do Peru - Cesar Bazan e Martin Mejia/AFP
Pedro Castillo e Keiko Fujimori disputam voto a voto a vitória nas eleições presidenciais do Peru Imagem: Cesar Bazan e Martin Mejia/AFP

Do UOL, em São Paulo

10/06/2021 23h14

O candidato de esquerda Pedro Castillo mantém uma ligeira vantagem sobre sua adversária, Keiko Fujimori. O Escritório Nacional de Processos Eleitorais já processou 100% das urnas, mas apenas 99,408% dos votos foram contabilizados.

Pouco antes do resultado oficial, Castillo tem 50,179% dos votos, enquanto Fujimori tem 49,821%. A última atualização foi feita hoje às 20h50.

Keiko Fujimori pediu que 200 mil votos fossem anulados alegando que teria havido fraude em 802 atas eleitorais. As autoridades eleitorais do país, no entanto, não encontraram indícios de fraude.

Ainda ontem, com 98,5% das urnas apuradas, Pedro Castillo se apresentou como vencedor. Ele já foi parabenizado por líderes da esquerda latino-americana como o presidente da Argentina, Alberto Fernández, e os ex-presidentes Evo Morales, da Bolívia, e Lula.

O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, lamentou a provável vitória de Castillo no Peru. "Perdemos agora o Peru. Voltou, pelo que tudo indica, falta 1% de apuração lá, só um milagre pra reverter, vai reassumir lá um cara do Foro de São Paulo [organização de esquerda]", afirmou ontem.

Internacional