PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Principal suspeito, enteado nega ter esfaqueado magnata inglês até a morte

Richard Lexington Sutton tinha uma fortuna avaliada em R$ 2,2 bilhões  - Reprodução
Richard Lexington Sutton tinha uma fortuna avaliada em R$ 2,2 bilhões Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/07/2021 13h35

Thomas Schreiber, de 34 anos, compareceu hoje a um tribunal do Reino Unido, onde negou as acusações pelo assassinato de seu padrasto, o milionário Richard Sutton, encontrado morto a facadas no mês de abril, e pela tentativa de assassinato de sua mãe, encontrada em estado crítico na cena do crime.

O enteado do milionário também negou acusações de direção perigosa, que surgiram de uma perseguição policial, que perdurou por 160 km, a um veículo Range Rover, possivelmente ligado aos crimes ocorridos na mansão da família, localizada cidade inglesa de Dorset.

Segundo o site britânico The Sun, uma testemunha, preocupada com o "bem-estar" das pessoas na mansão, foi quem acionou a polícia ao local. Na chegada dos oficiais, o empresário de 83 anos foi prontamente declarado morto, enquanto sua parceira, Anne, 64, que também tinha ferimentos a faca, foi levada em estado crítico para um hospital.

Principal suspeito do crime e detido desde então, Thomas Schreiber também precisou ser levado a um hospital para tratar ferimentos não fatais. Após ter negado todas as acusações que recaem sobre si, ele aguarda um julgamento marcado para o dia 29 de novembro.

Dono de uma fortuna de 301 milhões de libras esterlinas — cerca de R$ 2,2 bilhões —, Richard Sutton era dono do hotel cinco estrelas Sheraton Grand, de Londres, e do luxuweoso Athenaeum, em Piccadilly. Recentemente, ele havia sido eleito para o 435º lugar da lista de homens ricos do jornal britânico Sunday Times.

Além da mansão em que foi encontrado morto, Richard era proprietário de várias terras, como uma fazenda de 6,5 mil acres no Reino Unido. Apesar de não ser casado com Anne, mãe do suspeito, ele deixou cinco netos e os filhos de outro relacionamento David, de 61 anos, e Caroline, de 55.

Internacional