PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Homem mata atendente de loja que pediu para ele pôr máscara, na Alemanha

Cliente se recusou a colocar a máscara, deixou estabelecimento, mas voltou com a intenção de matar funcionário - Reprodução
Cliente se recusou a colocar a máscara, deixou estabelecimento, mas voltou com a intenção de matar funcionário Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL

21/09/2021 21h47

Um funcionário de uma loja de conveniências foi assassinado por um cliente que se recusou a utilizar a máscara facial na Alemanha. O crime ocorreu em um posto de gasolina localizado na cidade de Idar-Oberstein, na noite do último sábado (18).

O suspeito é um alemão de 49 anos, que não teve o nome informado pela polícia. Ele entrou na loja de conveniências sem máscara e comprava seis cervejas. O atendente, de 20 anos, pediu para que o cliente colocasse a máscara, mas ele se recusou e não quis devolver os produtos, conforme detalha o site Bild.

O homem saiu do estabelecimento e voltou armado, 1h30 depois. Segundo o promotor público Kai Fuhrmann, que conversou com o Bild, ele teria atirado na cabeça do funcionário, pela frente.

O homem foi preso no dia seguinte pela polícia alemã. Fuhrmann contou que ele admitiu ter ficado alterado com o pedido do atendente e resolveu pegar sua arma e retornar à loja. O homem voltou ao estabelecimento, novamente sem máscara, para provocar uma reação do caixa. Assim que o jovem o advertiu, ele atirou, segundo o depoimento cedido à polícia.

Os policiais encontraram a arma do crime no apartamento do suspeito.

Internacional