PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
2 meses

Mulher sobrevive a ataque após faca de 25 cm ficar presa em seu rosto

Mulher sobreviveu e correu para pedir ajuda após esfaqueamento - Reprodução/Ministério da Saúde via Kuban.kp.ru
Mulher sobreviveu e correu para pedir ajuda após esfaqueamento Imagem: Reprodução/Ministério da Saúde via Kuban.kp.ru

Do UOL, em São Paulo

23/11/2021 20h00Atualizada em 23/11/2021 20h00

Uma mulher de 60 anos sobreviveu a um esfaqueamento e foi atendida no hospital com uma faca de 25 centímetros presa em sua face, na Rússia. O caso ocorreu na região de Krasnodar e o principal suspeito é o marido dela, de 64 anos. As informações são do jornal norte-americano New York Post.

O homem foi detido por suspeita de tentativa de homicídio, depois do que o Comitê de Investigação Russo relatou que houve uma "briga" entre o casal. A mulher, cuja identidade não foi divulgada, conseguiu correr para buscar ajuda dos vizinhos após sofrer o ataque. Ela foi levada às pressas para um hospital, onde foi submetida a uma cirurgia para remover a faca, que ficou presa em seu crânio.

Além do procedimento, ela ainda deve passar por um tratamento para restaurar o nariz e a face. "Logo depois que a mulher foi internada, ela foi para a mesa de operação. A cirurgia durou 60 minutos", disse um porta-voz regional do ministério da saúde.

O órgão ainda informou que o homem não conseguiu completar a "intenção criminosa de matar a esposa, já que a vítima conseguiu sair correndo para a rua para pedir ajuda".

"Os residentes chamaram uma ambulância e policiais ao local. A vítima foi levada para o hospital, onde continua a receber cuidados médicos", acrescentou a publicação. O suspeito está detido enquanto aguarda a conclusão das investigações.

Internacional