PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
5 meses

Pai é acusado por quebrar nariz de árbitro em jogo de basquete do filho

Pai de aluno supostamente empurrou o árbitro para o chão durante briga em jogo de basquete  - Reprodução/Redes Sociais
Pai de aluno supostamente empurrou o árbitro para o chão durante briga em jogo de basquete Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Mateus Omena

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/01/2022 16h17

Um homem foi acusado de agressão após supostamente ter empurrado um árbitro idoso no jogo de basquete de seu filho, em Washington (EUA).

O episódio ocorreu em 16 de dezembro, quando Mark McLaughlin, de 31 anos, estava na arquibancada assistindo à disputa, mas após a final, as duas equipes trocaram empurrões. Os oficiais do jogo, incluindo o árbitro de 72 anos, tentaram interromper a briga. McLaughlin foi visto correndo em direção ao idoso e jogando-o no chão.

A vítima teve seu nariz quebrado em virtude da briga. Ele foi imediatamente socorrido pelos funcionários da escola. Em seguida, foi encaminhado ao hospital.

O suspeito se entregou às autoridades no dia seguinte e se declarou inocente da acusação de agressão de segundo grau em 3 de janeiro, disse o Ministério Público de King County.

McLaughlin é um ex-jogador de basquete de destaque na Central Washington University, com passagem também pela Universidade de Seattle. Mas foi expulso da primeira instituição por se envolver em uma briga na quadra com colegas.

O ataque foi capturado pelos espectadores e rapidamente se espalhou pelas redes sociais.

Testemunhas disseram que o filho de McLaughlin se desentendeu com um jogador adversário, o que levou à balbúrdia na quadra. O árbitro separou os jogadores, derrubando acidentalmente o filho de McLaughlin no chão. Ele então o ajudou a se levantar.

McLaughlin gritou "Ninguém toca no meu filho!" e imediatamente entrou na quadra e empurrou o árbitro por trás. Ele então saiu com seu filho antes que a polícia chegasse.

Internacional