PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
5 meses

Elon Musk 'desafia' Putin para um combate: 'O que está em jogo é a Ucrânia'

Elon Musk - Win McNamee/Getty Images
Elon Musk Imagem: Win McNamee/Getty Images

Colaboração para o UOL, em Brasília

14/03/2022 09h46

Em tom de brincadeira, o CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, desafiou hoje o presidente russo, Vladimir Putin, para um duelo. O destino da guerra com a Ucrânia seria selado na competição, sugeriu o empreendedor sul-africano.

"Desafio Vladimir Putin para um combate individual", tuitou Musk, usando o alfabeto cirílico para escrever o nome do mandatário. "As apostas são a Ucrânia."

"Você concorda com essa luta?", questionou o CEO da Tesla ao perfil oficial do Kremlin. "Se Putin pudesse humilhar o Ocidente com tanta facilidade, então ele aceitaria o desafio. Mas ele não vai", disse o empresário em outra mensagem.

Após a invasão da Rússia, Elon Musk forneceu à Ucrânia conectividade com a internet por meio dos satélites Starlink, da Space X. Por causa dos ataques, quedas constantes de energia e danos a infraestruturas das cidades prejudicavam o acesso dos ucranianos aos sistemas de comunicação.

Invasão da Ucrânia

A invasão da Ucrânia pela Rússia entra hoje em seu 19° dia. Hoje, as delegações dos dois países anunciaram uma "pausa" nas negociações após reunião para discutir a possibilidade de cessar-fogo. Ela deverá ser retomada na terça-feira (15).

Apesar da tentativa de acordo, novos ataques foram registrados na capital da Ucrânia. Segundo o Ministério da Defesa ucraniano, a Rússia estaria em "processo de reagrupamento para retomar a ofensiva em direção a Kiev".

Internacional