PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Indiana escreve carta de 434 metros e 5 kg só para se desculpar com irmão

Krishnapriya decidiu escrever a correspondência após se esquecer do Dia Internacional dos Irmãos - Reprodução/ Times Now
Krishnapriya decidiu escrever a correspondência após se esquecer do Dia Internacional dos Irmãos Imagem: Reprodução/ Times Now

Colaboração para o UOL, de São Paulo

30/06/2022 04h00

Uma mulher de Kerala, na Índia, chamou atenção após escolher uma forma pouco convencional para se desculpar com seu irmão: ela escreveu uma carta de 434 metros, que pesa cerca de 5 kg.

Tudo começou quando a engenheira Krishnapriya deixou de desejar um feliz Dia Internacional dos Irmãos para seu caçula, Krishnaprasad. Irritado, o homem parou de atender as ligações da irmã e bloqueou seu contato no WhatsApp, de acordo com o site indiano Hindustan Times.

Percebendo o silêncio e a mágoa do irmão, Krishnapriya decidiu escrever a carta, onde narra a história dos dois, frisando todo o seu amor por ele. "Comecei a escrever em folhas de tamanho A4, mas logo percebi que seria insuficiente, pois eu tinha muito a transmitir a ele. Então resolvi comprar folhas mais compridas", contou ela.

Acontece que, segundo Krishnapriya, ela só conseguiu encontrar "rolos de faturamento" ao pedir por papéis mais longos no mercado. "Então comprei 14 rolos. Levei cerca de 12 horas para completar a carta inteira, que media 434 metros e tinha 5 kg", afirmou ela, orgulhosa.

Na enorme carta, iniciada no dia 25 de maio, a indiana escreveu sobre sua relação com o irmão e ainda narrou todas as lembranças que tem da vida de Krishnaprasad. As memórias vão desde o nascimento do mais novo, até o ingresso dele na faculdade de engenharia.

Indiana com a carta de 434 metros escrita para o irmão - Reprodução/ Argus News - Reprodução/ Argus News
Krishnapriya escreveu a carta para pedir desculpas ao irmão mais novo
Imagem: Reprodução/ Argus News

"Temos uma diferença de idade de sete anos. Então ele me respeita e me teme como uma mãe ou uma professora", explicou Krishnapriya. "Somos muito apegados e compartilhamos um relacionamento muito amigável. Enquanto crescia, éramos como gêmeos e até usávamos roupas da mesma cor em ocasiões especiais."

Por sorte, a carta gigante surtiu efeito no irmão e, após receber os 434 metros de papel, Krishnaprasad afirmou ter ficado feliz com a atitude da irmã.

"Fiquei magoado e desapontado quando ela não me desejou feliz Dia dos Irmãos. Liguei para ela no final do dia, mas ela estava ocupada com o trabalho e encerrei a ligação. Depois disso, bloqueei ela no WhatsApp", narrou ele. "Ela deve ter se sentido mal com o que aconteceu e é por isso que ela escreveu a carta. Fiquei muito feliz quando a recebi."

Agora, ainda de acordo com o Hindustan Times, a carta de 5 kg e 434 metros pode entrar para o Guinness World Records. Isso porque, após a reconciliação com o irmão, Krishnapriya enviou um pedido para que o renomado livro de recordes analise a correspondência e, eventualmente, reconheça a indiana com um recorde mundial.

Internacional