Conteúdo publicado há 6 meses

Ataque a 'rota segura' em Gaza deixa 70 mortos; há crianças entre vítimas

Um ataque a uma "rota segura" indicada por Israel deixou 70 pessoas mortas ontem em um comboio que fugia do norte de Gaza. Entre as vítimas, havia crianças e mulheres.

O que aconteceu

Os civis foram atingidos por um míssil em uma das duas rotas de saída, segundo a BBC News. A estrada estava com movimentação intensa após ordem de evacuação feita por Israel para que palestinos migrassem do norte para o sul de Gaza em 24 horas. Cerca de 1,1 milhão de pessoas vivem no norte.

Israel diz que investiga o caso e responsabiliza os inimigos pela tentativa de impedir que civis deixem o norte.

Dois vídeos obtidos pela BBC News mostram o ataque atingindo ao menos 30 pessoas. Segundo a reportagem, é possível ver ao menos 12 corpos nas ruas após o bombardeio.

Mortos na guerra entre Israel e Hamas

O conflito entre Israel e Hamas já deixou pelo menos 3.500 mortos, segundo as informações oficiais divulgadas por autoridades dos dois lados.

O número de mortos em Gaza não para de subir com os bombardeios israelenses. O Ministério da Saúde da Palestina fala em 2.215 mortos até a manhã deste sábado.

Israel contabiliza 1.300 mortos nos ataques do Hamas da semana passada.

Além desses mortos, Israel afirmou ter encontrado 1.500 corpos de membros do Hamas em seu território na última terça-feira (10).

Continua após a publicidade

Deixe seu comentário

Só para assinantes