Conteúdo publicado há 5 meses

Vídeo: intenso bombardeio de Israel interrompe telefonia e internet em Gaza

O serviço de telefonia móvel e de internet na Faixa de Gaza foi cortado após fortes bombardeios na noite de hoje, segundo o horário local. Imagens mostram a intensidade do ataque na região, que já tem mais de 7 mil mortes desde o começo da guerra, apontam dados recebidos pela ONU.

O que aconteceu?

O comunicado confirmando o corte das comunicações foi feito pela empresa de telecomunicações palestina Jawwal.

A ONG NetBlocks, que monitora casos de censura na internet no mundo, também afirmou que um "colapso na conectividade" foi registrado na região.

A organização humanitária Sociedade do Crescente Vermelho Palestino afirmou que perdeu contato com todas as equipes que estavam em Gaza após o bombardeio.

Estamos profundamente preocupados com a capacidade do nosso time de continuar a prover os atendimentos médicos à população, principalmente porque o corte [das linhas] afeta o número 101, usado para emergências.
Sociedade do Crescente Vermelho Palestino, em nota

Os bombardeios foram confirmados pelo porta-voz militar de Israel, Daniel Hagari, em pronunciamento na tarde de hoje.

Ele afirmou que as "operações terrestres" do país estão expandindo e disse que a população da cidade de Gaza deveria ir para o sul, área que continua sendo atacada.

*Com informações da Reuters

Deixe seu comentário

Só para assinantes