'Que sejam todos presos': eleitores de Milei protestam contra peronistas

O público que compareceu à cerimônia de posse entoou vaias, ofensas e cantos de protestos contra os peronistas que entregaram a presidência da Argentina a Javier Milei hoje.

O que aconteceu

Durante a posse, o público gritava: "Que sejam todos presos". Em seu discurso, o presidente disse que não promoveria nenhuma vingança contra os opositores, e o público entoou cânticos duros contra Alberto Fernandez e Cristina Kirchner. O pedido de prisão para os líderes peronistas foi um dos mais populares durante a posse.

"Que vão embora e não voltem nunca mais". Milei anunciou que a Argentina vive o início de uma nova era, uma era de defesa absoluta da propriedade privada. Após cada referência feita ao peronismo dos últimos anos, seus apoiadores cantaram para que os políticos de esquerda deixem o governo e o país.

"Filha da p...?" . Cristina Kirchner foi uma das políticas mais vaiada na posse. Quando sua imagem aparecia no telão, o público reagia com gritos de "ladra" e outras ofensas. A ex-presidente reagiu levantando o dedo do meio.

"A casta tem medo". A posse foi embalada pelo canto adaptada das torcidas de futebol. "A casta", o nome dado aos políticos tradicionais, teria medo do discurso libertário do presidente.

Veja o discurso de Milei:

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes