Itamaraty pede que Israel reavalie e libere saída de brasileiros de Gaza

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, pediu ao chanceler israelense Eli Cohen que o país reavalie a resposta negativa a um grupo de brasileiros que tenta sair de Gaza.

O que aconteceu

O Brasil tinha expectativa de repatriar 102 brasileiros e seus parentes da Faixa de Gaza, mas 24 nomes foram negados pelo governo de Israel. Foi o 11º voo de repatriação da Operação Voltando em Paz

Com isso, alguns familiares dos brasileiros que não puderam voltar ao Brasil também desistiram da viagem, o que eleva para 30 o número de pessoas retidas. Apenas 48 embarcaram no voo em direção ao Brasil.

No sábado (9), o ministro de Relações Exteriores se encontrou com o chanceler israelense Eli Cohen em Buenos Aires. Eles estavam na Argentina para acompanhar a posse de Javier Milei.

Eles conversaram sobre a repatriação de brasileiros e o grupo de 24 pessoas que foram barradas por Israel. Segundo o colunista do UOL, Jamil Chade, diplomatas brasileiros dizem que o governo de Israel não deu qualquer tipo de explicação para rejeitar os nomes.

Nos próximos dias, o Itamaraty continuará a fazer gestões para que essas pessoas possam sair de Gaza, em especial aqueles que tiveram parcelas de suas famílias já autorizadas.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes