Conteúdo publicado há 22 dias

Médicos acham 150 larvas em boca de paciente que reclamava de dores

Uma mulher de 40 anos foi diagnosticada com miíase oral devido a uma infestação de larvas na boca. O caso foi registrado em Lima, capital do Peru.

O que aconteceu

Equipe médica retirou cerca de 150 larvas da boca da paciente. A mulher deu entrada no Hospital Sabogal de EsSalud com queixas de dores na cavidade bucal, segundo informações do jornal Independent.

Paciente estava com míiase oral, doença causada por larvas que se alojam em tecidos mortos do corpo. Os sintomas na peruana começaram a aparecer pouco tempo depois de ela ser submetida a um tratamento odontológico, explicou o cirurgião bucomaxilofacial Renzo Paredes, que atendeu o caso.

Mulher passou por limpeza cirúrgica para remoção das larvas. Renzo Paredes contou que a peruana foi estabilizada e teve limpeza do tecido que estava necrosa e, em seguida, foi realizado o fechamento das feridas.

A míiase oral é comumente causada por larvas de moscas associadas a lesões prévias e também a falta de higiene bucal. "Isso acontece quando há tecidos necróticos, ou seja, tecidos mortos que ocorrem em pessoas com mobilidade reduzida, com histórico psicomotor ou psiquiátrico e que não mantêm uma boa higiene", explicou o cirurgião.

Deixe seu comentário

Só para assinantes