Imagens aéreas mostram crateras formadas por recuo das águas do mar Morto

O Mar Morto, localizado no Oriente Médio, está encolhendo em ritmo alarmante.

O nível da sua superfície cai cerca de um metro por ano. E, conforme suas águas recuam, surgem crateras capazes de fazer ruir construções inteiras – como mostram imagens aéreas feitas pela BBC.

Elas surgem porque, quando a água se esvai, restam no subsolo camadas de sal, que cedem ou se dissolvem quando a chuva se infiltra.

Algumas destas crateras têm dimensões impressionantes, atingindo 100 metros de largura e 50 metros de profundidade.

Os buracos vêm se abrindo ao longo dos últimos 30 anos nas costas israelense e jordaniana do Mar Morto. Hoje, são cerca de 5,5 mil.

Isso faz com que a região pareça ter sido atingida por múltiplos terremotos que deixaram um rastro de destruição.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos