Topo

O que se sabe sobre a baleia jubarte achada morta em área de mata no Pará

Baleia jubarte é encontrada morta em área de mata no Pará - Divulgação/Acervo Instituto Bicho D
Baleia jubarte é encontrada morta em área de mata no Pará Imagem: Divulgação/Acervo Instituto Bicho D'água

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

24/02/2019 11h42

Resumo da notícia

  • Era filhote, macho e media 8 metros e 40 centímetros
  • Não foram encontrados ferimentos; material colhido será analisado
  • Baleias jubarte possuem rota em que se alimentam na Antártida e, depois, vão até Abrolhos, na Bahia, para reprodução
  • A baleia pode ter errado a rota e caído em uma corrente forte
  • Esqueleto da baleia pode ser levado para um museu

Uma baleia da espécie jubarte foi encontrada morta na tarde de sexta-feira (22) em uma área de mata da praia do Araruna, no município de Soure, no Pará. Segundo Dirlene Silva, secretária do Meio Ambiente de Soure, o animal foi localizado entre três e quatro metros da margem da praia.

"A baleia parou na praia e foi levada pela maré para dentro na mata. Um pescador disse que avistou a baleia na praia na quinta-feira à noite, mas não conseguimos ir até o local por conta da maré alta. Tivemos que esperar até sexta à tarde para conseguir chegar lá. Estamos em um período de muita chuva com a maré influenciada pela lua cheia", disse a secretária.

Ontem, uma equipe do instituto Bicho D'Água esteve no local para coletar os primeiros materiais para análise que poderão dizer as causas da morte do mamífero. A baleia era filhote, macho e media 8 metros e 40 centímetros de comprimento. 

Segundo a oceanógrafa do instituto Maura Elisabeth Moraes de Souza, não foram encontrados ferimentos na baleia. O material colhido será levado para laboratório, mas ainda não há previsão de quando os resultados sairão.

"Uma das hipóteses é que foi a primeira vez que o filhote iria migrar sozinho, mas não conseguiu. Ele deve ter entrado em uma corrente forte, já que tivemos dois dias de 'super-maré'. Ele pode ter sido carregado e não conseguiu voltar."

Ela afirma que as baleias jubarte possuem uma rota conhecida em que se alimentam na Antártida e, depois, vão até Abrolhos, na Bahia, para reprodução. "De julho a novembro elas deixam a Antártida e vão para Abrolhos. Estariam na reta final de voltar para lá. Em vez de descer, a baleia subiu e pode ter errado a rota."

De acordo com Souza, não é comum ter esse tipo de encalhe na região, mas ela lembra que, no ano passado, uma baleia da mesma espécie ficou encalhada no Amapá. "Não é comum, mas também não é o primeiro caso no Norte do Brasil."

Esqueleto de baleia deve ir para museu

A secretária do município disse que há intenção de que o esqueleto da baleia fique no museu da cidade. Ela pede, porém, que os moradores não peguem os restos do animal.

"Estamos começando uma campanha na cidade para conscientizar e pedir que as pessoas não peguem os ossos da baleia para que possamos manter como patrimônio público no nosso museu de Soure." 

Baleia jubarte é encontrada morta em área de mata no Pará

redetv

Mais Meio Ambiente