PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: RJ tem melhora de qualidade do ar durante isolamento social

Medição registrou menor quantidade de NO2 no ar - ALEXANDRE BRUM/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO
Medição registrou menor quantidade de NO2 no ar Imagem: ALEXANDRE BRUM/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

01/04/2020 15h42

A Região Metropolitana do Rio de Janeiro teve uma redução na concentração de dióxido de nitrogênio (NO2) durante o período de isolamento social resultante da pandemia do novo coronavírus.

A informação foi divulgada hoje pelo Governo do Rio, com base em um levantamento do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). O gás, considerado poluente, é resultante principalmente da queima de combustíveis em veículos e atividades industriais.

A estação de monitoramento da qualidade do ar localizada na área de abrangência do Distrito Industrial de Santa Cruz apontou queda de 77% na concentração do NO2 entre 23 e 25 de março, comparado aos índices do período anterior às medidas de distanciamento. Em Duque de Caxias, a melhora foi de 45%.

A qualidade do ar no Rio é monitorada por 58 estações que medem parâmetros meteorológicos e as concentrações de poluentes no ar de forma contínua.

Coronavírus