PUBLICIDADE
Topo

Covid-19: RJ anuncia contratação emergencial de 618 profissionais da saúde

Ao todo, 618 pessoas reforçarão o sistema de saúde do Rio a partir de 4 de abril - Dirkran Junior/Futura Press/Estadão Conteúdo
Ao todo, 618 pessoas reforçarão o sistema de saúde do Rio a partir de 4 de abril Imagem: Dirkran Junior/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

27/03/2020 20h33

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro, em ação conjunta do Gabinete de Crise para Enfrentamento do Coronavírus, anunciou hoje a contratação emergencial de 618 profissionais.

Os novos contratados — entre eles, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, biólogos e farmacêuticos — começam a trabalhar no dia 4 de abril e reforçarão equipes das unidades de atendimento do estado.

Conforme anunciado pela SES, os reforços atuarão nas seguintes instalações:

  • Hemorio
  • Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luiz Capriglione (Iede)
  • Centro Psiquiátrico do Rio de Janeiro (CPRJ)
  • Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio De Castro (Iecac)
  • Instituto Estadual de Doenças do Tórax Ary Parreiras (Ietap)
  • Programa Estadual de Transplante (PET)
  • Hospital Estadual Carlos Chagas (HECC)
  • Instituto Estadual de Dermatologia Sanitária (IEDS)
  • Hospital Estadual Santa Maria (HESM)
  • Laboratório Central Noel Nutels (Lacen)
  • Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião (IEISS)
  • Hospital Estadual Eduardo Rabello (HEER)

Para Edmar Santos, secretário estadual de Saúde, a rapidez na contratação de novos profissionais é uma arma importante no atendimento de pacientes com o novo coronavírus. Até hoje, o Rio registrava 493 casos da covid-19, com 10 mortes.

"Estamos passando por um momento de exceção. Nenhum sistema de saúde no mundo está preparado para o aumento expressivo da demanda por atendimento de emergência. Por este motivo, estamos trabalhando para ampliar o quadro de profissionais atuantes o mais breve possível", explicou.

Coronavírus