Topo

Sarney recebe alta da UTI, mas continua internado; quadro é 'estável', diz boletim

Ex-presidente Lula visita o senador José Sarney, internado no Hospital Sírio-Libanês - Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Divulgação
Ex-presidente Lula visita o senador José Sarney, internado no Hospital Sírio-Libanês Imagem: Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

16/04/2012 15h52Atualizada em 16/04/2012 17h13

O senador e presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e apresenta quadro "estável", segundo boletim médico divulgado no final da tarde desta segunda-feira (16).

Sarney foi internado sábado (14), após sentir dores fortes no peito no dia anterior. No mesmo dia, os médicos detectaram alterações compatíveis com sintomas de infarto. Ontem (15), o senador foi submetido a um cateterismo (para introduzir um cateter na artéria) e a uma angioplastia (cirurgia específica para desobstruir a artéria), com a colocação de um stent, espécie de tubo artificial usado para expandir a artéria e regularizar o fluxo de sangue.

No início da tarde, o senador recebeu a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que durou cerca de 20 minutos. Lula estava de passagem pelo Sírio-Libanês para uma de suas sessões diárias de fonoterapia, para se recuperar de um câncer na laringe.

Segundo a assessoria do Senado, Sarney também recebeu as visitas do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e dos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Gim Argello (PTB-DF).

O senador deve ficar internado por, pelo menos, uma semana. Quando deixar o hospital, Sarney deverá ainda ficar mais uma semana em recuperação, para só então retornar às atividades parlamentares.

Leia a íntegra do boletim:

O senador José Sarney permanece internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde passou por um cateterismo e uma angioplastia com a colocação de stent.
 
O paciente recebeu alta, hoje (16/04), da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Cardiológica e foi transferido para a Unidade Crítica Cardiológica (semi-intensiva). Seu estado de saúde é estável.
 
A equipe médica que assiste o senador José Sarney é coordenada pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho.

(Com Agência Brasil)

Política