PUBLICIDADE
Topo

Política

Oposição diz que pedirá investigação sobre Lula após STF encerrar julgamento do mensalão

Do UOL, em São Paulo

18/09/2012 15h46Atualizada em 18/09/2012 17h29

O PSDB divulgou uma nota nesta terça-feira (18) confirmando que entrará com um pedido para que o Ministério Público investigue as supostas relações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o mensalão.

Em nota assinada pelo presidente da sigla, o deputado Sérgio Guerra (PE), juntamente com o senador José Agripino Maia (RN), presidente do DEM, e o deputado Roberto Freire (SP), presidente do PPS, o PSDB afirma que entrará com o pedido após o Supremo Tribunal Federal encerrar o julgamento do mensalão.

“A oposição fará a sua parte e encerrado o julgamento em curso no STF cobrará a investigação dos fatos ao Ministério Público”, afirma a nota.

Clique na imagem e veja como cada ministro já votou no mensalão

  • Arte UOL

No último fim de semana, reportagem da revista “Veja” afirmou que Marcos Valério, réu do julgamento e acusado de ser o operador do esquema, disse a interlocutores que Lula era o chefe do mensalão. A reportagem foi feita com base em revelações de parentes, amigos e associados do publicitário. Ele teria dito ainda que o PT usou R$ 350 milhões no esquema.

O advogado de Valério, Marcelo Leonardo, negou que seu cliente tenha concedido entrevista à revista "Veja". O ex-presidente Lula não comentou o assunto em eventos públicos nos últimos dias.

Leia a íntegra da nota:

NOTA À IMPRENSA

As revelações feitas pela revista Veja, no fim de semana, sobre o possível envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no comando do escândalo que hoje conhecemos como “MENSALÃO”, exigem explicações imediatas e a apuração por todos os meios legais.

Por isso mesmo é que estranhamos o silêncio ensurdecedor do ex-presidente Lula, que deveria ser o maior interessado em prestar esclarecimentos sobre fatos que o envolvem diretamente.

Já não surte mais efeito, especialmente depois que o Supremo Tribunal Federal comprovou a existência do MENSALÃO e já condena mensaleiros, a tese defendida pelo PT, de que tudo não passava de uma farsa montada pela imprensa e pela oposição para derrubar o governo Lula.

"Novela" e HQ lembram o caso

  • Arte UOL

    Mensalão parece enredo de novela; veja cinco possíveis finais desta "trama rocambolesca"

  • Angeli

    "O incrível mensalão" relembra os fatos

O ex-presidente já não está mais no comando do país, mas nem por isso pode se eximir das responsabilidades dos oito anos em que governou o Brasil, ainda mais quando há suspeitas que pesam sobre o seu comportamento no maior escândalo de corrupção da história da República.

A gravidade das revelações da revista Veja impõe que ela torne públicos os elementos que sustentam a matéria “Os segredos de Marcos Valério”.

A oposição fará a sua parte e encerrado o julgamento em curso no STF cobrará a investigação dos fatos ao Ministério Público.

Os brasileiros exigem que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venha a público prestar esclarecimentos em nome da responsabilidade do cargo que ocupou.

Brasília, 18 de setembro de 2012.

Deputado Sérgio Guerra (PE), presidente nacional do PSDB
Senador José Agripino Maia (RN), presidente nacional do Democratas
Deputado Roberto Freire (SP), presidente nacional do PPS

Entenda o dia a dia do julgamento

Política